7 Mitos sobre o Bolsa Família que você não sabia!

O Bolsa Família realmente fez um grande diferencial na vida de diversos brasileiros. Muito se fala sobre o programa, mas nem tudo de fato é verdadeiro. Para ajudar a esclarecer mais sobre o programa reunimos 7 mitos sobre o Bolsa Família que você não sabia que podem desmistificar muito do que é dito por ai. 

Os 7 Mitos sobre o Bolsa Família que você não sabia

Desde de sua implantação em 2003 o Bolsa Família é um dos programas do Governo Federal que mais ajuda famílias a sair do estado de pobreza extrema. Já são mais de 13 milhões de famílias ajudadas ao longo de mais de uma década de programa e muitas estão entrando quando possuem direito pagamento do Bolsa Família 2017!

1 – O Bolsa Família estimula os brasileiros a não trabalhar

Este é um dos pensamentos mais propagados nas ruas, mas não é verdade. Um dos critérios para conseguir ter o cadastro aprovado no programa é possuir uma renda familiar de até R$ 85 para famílias extremamente pobres e até R$ 170 para a classificação de pobre. 

O valor é uma boa ajuda de custo para quem não possui nada, mas você acredita que de fato pode sustentar uma família no luxo e estimular seu desemprego? A bolsa é muito mais baixa que um salário mínimo e serve para comprar o básico, mas não substitui uma renda de verdade.

2 – O Bolsa Família estimula a gravidez visando o benefício

O beneficiário pode ter quantos filhos quiser e cadastrar todos no programa, mas o valor máximo de R$ 195 por família. Logo, a ideia de que muitas brasileiras estão tendo filhos para receber a bolsa não é válida porque mais de uma criança já pode se tornar extremamente penoso o sustento com esse valor. Imagine cinco ou seis. 

3 – Pode mentir no cadastro e não terá problema

O cadastro para o Bolsa Família não é feito com informações verbais e sim comprovação por meio de documentos. Muitos podem tentar alegar extrema pobreza mas não serão aprovados. E se fraudarem os documentos estão sujeitos a uma penalidade de dois a cinco anos de prisão e pagamento do valor recebido integral com juros e multa.

4 – Tem gente recebendo R$ 2 mil do Bolsa Família

O próprio sistema do programa não permite este tipo de falha. Por família é possível cadastrar no máximo cinco membros e somar um valor de meio salário ao máximo. Uma sexta pessoa do mesmo núcleo familiar já não consegue ser cadastrada.

5 – O Benefício do Bolsa Família é para a vida toda

Por medida de segurança para evitar fraudes, o recebimento é garantido por apenas dois anos quando na situação de baixa renda. Após este período é necessário fazer o recadastramento e reafirmar todos os dados e documentos sobre a sua situação de renda, e só assim conseguir voltar ao recebimento.

6 – O Bolsa Família é responsável por quebrar o Brasil

A arrecadação em impostos e tributações é mais de duas mil vezes maior que o dinheiro usado no programa. O grande mito é acreditar que pequenos pagamentos são responsáveis pela crise financeira no país. A ação do Bolsa Família é de redistribuição de renda e não tirar dos fundos necessários. 

7 – O Bolsa Família gera uma dependência da renda

Se você acredita que um valor de R$ 39 mensal para uma gestante ou lactante por seis meses e R$ 85 para um chefe de família gera dependência, então está desatualizado sobre os preços dos produtos no mercado.

Com R$ 39 é possível comprar entre seis e oito caixas de leite. Uma criança consome muito mais que isso. A dependência financeira existiria se os produtos custassem centavos e não reais. 

Comments are closed.